Diversos
Como vencer a pobreza e a desigualdade PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Diversos

Por Clarice Zeitel Vianna Silva - UFRJ - Universidade Federal do Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - RJ

'PÁTRIA MADRASTA VIL'

Onde já se viu tanto excesso de falta?

Abundância de inexistência...

Exagero de escassez...

Contraditórios?

Então aí está!

O novo nome do nosso país!

Não pode haver sinônimo melhor para BRASIL.

 
Grupo Guararapes - Diretrizes 2013 PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 10
PiorMelhor 
Diversos

GRUPO GUARARAPES - DIRETRIZES 2013

Doc . Nº03-2013

SITE: www.fortalweb.com.br/grupoguararapes

São 13 pontos de luta durante 24 horas por dia. Começamos com o verbo lutar (pelo Brasil) e terminamos com despertar (as consciências) para que o BRASIL SEJA GOVERNADO POR HOMENS E MULHERES QUE DIGNIFIQUEM A FUNÇÃO PÚBLICA e não roubem a coisa pública.

A SALVAÇÃO NACIONAL SE ENCONTRA NO VALOR MORAL DE SEUS FILHOS. SEJAM NOSSOS FISCAIS. NÃO PODEMOS DEIXAR DE CUMPRIR ESTAS DIRETREZES E PEDIMOS AOS AMIGOS QUE AJUDE O BRASIL.

1. Lutar com todos os meios: políticos, cívicos, éticos e morais para restabelecer a História relativa a implantação e o período de vigência da Revolução de 1964;

 
Falta de personalidade PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 4
PiorMelhor 
Diversos

Por Humberto de Luna Freire Filho*

Tenho dito seguidas vezes que o Brasil nos últimos dois anos tem um presidente de direito e um presidente de fato. A dona Dilma , presidente de direito, apesar de eleita com votos comprados por falsos programas de inclusão social, o bolsa-tudo, é constitucionalmente a dona do cargo, mas não governa, apenas cumpre ordens do presidente de fato que, ainda não satisfeito com os oito anos em que comandou uma quadrilha especializada em roubar os cofres públicos, ainda continua sujando a história do país com o apoio de uma imprensa covarde, submissa e a soldo do governo.

 
Enterrando os "Não Consigos" em 2013 !!! PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Diversos

Esta história foi contada por Chick Moorman, e aconteceu numa escola primária do estado de Michigan, Estrados Unidos.

Tomei um lugar vazio no fundo da sala e assisti. Todos os alunos estavam trabalhando numa tarefa, preenchendo uma folha de caderno com ideias e pensamentos.

Uma aluna de dez anos, mais próxima de mim, estava enchendo a folha de "não consigos".

"Não consigo fazer divisões longas com mais de três números." "Não consigo fazer com que a Debbie goste de mim."

Caminhei pela sala e notei que todos estavam escrevendo o que não conseguiam fazer. "Não consigo fazer dez flexões.", "Não consigo comer um biscoito só."

 
Venda do livro ORVIL PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 13
PiorMelhor 
Diversos

Tendo em vista a dificuldade para se adquir o livro ORVIL, motivada pelos poucos locais de venda, o Instituto Endireita Brasil entrou em contato com a Editora Schoba e facilitará a aquisição de ORVIL.

Orvil - Tentativas de Tomada do Poder, versão de oficiais do Centro de Informações do Exército (CIE) publicado pela Editora Schoba, em volume de 924 páginas, Orvil - livro, escrito ao contrário - destaca a Revolução de 1964 que derrubou João Goulart e a ação de organizações clandestinas que no período de 1966 a 1975 combateram o regime militar pela luta armada. A primeira parte trata da Intentona Comunista de 1935 e a quarta parte analisa a opção da esquerda por uma nova estratégia - a "doutrinação" pelos meios de comunicação, instituições de ensino, sindicatos e movimentos populares sobre a necessidade da revolução.

Os interessados deverão informar para o email Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. nome e endereço completos (com o CEP – Código de Endereçamento Postal) para cálculo do frete diretamente de São Paulo.

Valor a ser pago R$ 72,90 + Frete (a ser calculado)

Ao interessado será informado uma conta bancária para depósito do valor por nós calculado.

Entrega a partir de 18 de fevereiro (o livro está esgotado e a nova edição ainda está sendo impressa).

Cordialmente,

General de Brigada R1 Manoel Theophilo Gaspar de Oliveira, Presidente do Instituto Endireita Brasil

 

 
Dias cidades irmãs PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Diversos

Duas cidades irmãs.

(com uma sutil diferença entre elas)

Por Leonardo Arruda*

Outro dia, por acaso, li uma notícia interessante. A notícia dizia que, em 2010, a cidade de El Paso, no Texas (EUA), com cerca de 800 mil habitantes, foi considerada a cidade com a menor criminalidade dos EUA (dentre as cidades com mais de 500 mil habitantes).

 
O Cravo não brigou com a rosa PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
Diversos

Por Luiz Antônio Simas

Chegamos ao limite da insanidade da onda do politicamente correto.

Soube dia desses que as crianças, nas creches e escolas, não cantam mais ''O cravo brigou com a rosa´´.

A explicação da professora do filho de um camarada, foi comovente: a briga entre o cravo - o homem - e a rosa - a mulher - estimula a violência entre os casais. Na nova letra "o cravo encontrou a rosa debaixo de uma sacada/o cravo ficou feliz /e a rosa ficou encantada".

 
O Brasil nunca pertenceu aos índios PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 12
PiorMelhor 
Diversos

Por Sandra Cavalcanti*

Quem quiser se escandalizar, que se escandalize. Quero proclamar, do fundo da alma, que sinto muito orgulho de ser brasileira. Não posso aceitar a tese de que nada tenho a comemorar nestes quinhentos anos. Não agüento mais a impostura dessas suspeitíssimas ONGs estrangeiras, dessa ala atrasada da CNBB e dessas derrotadas lideranças nacional-socialistas que estão fazendo surgir no Brasil um inédito sentimento de preconceito racial.

 
Situação indígena e soberania nacional PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 9
PiorMelhor 
Diversos

Por Edward M. Luiz - Mestre e doutorando pela Universidade de Brasília e consultor da Human Habitat Consultoria. Atuou como Coordenador de 3 grupos de trabalho para a identificação e delimitação de 8 terras indígenas na amazônia. Hoje presta consultoria para municípios, estados, sindicatos ou associações ameaçadas pela demarcação de terras indígenas. Aqui ele abre um importante debate sobre a demarcação de terras indígenas, comunidades quilombolas e sociedades tradicionais. Por conhecer todo o processo de demarcação, vêm defender a tese de que se nada for feito, ONGs internacionais com claros interesses obscuros, aliados ao sistema demarcatório, irão travar o crescimento do Brasil. Vejamos o que diz em sua entrevista concedida com exclusividade à Revista Infovias.

Revista Infovias: Um fato que salta aos olhos dos observadores mais atentos, é o crescente conflito entre indígenas e setores produtivos da sociedade, passando a impressão de que os indígenas são ou seriam contrários ao desenvolvimento nacional. Como você interpreta este fenômeno?

 
Mais armas, menos crime PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 19
PiorMelhor 
Diversos

Mais Armas, Menos Crime

Por Prof. Geraldo Lino de Campos

Está sendo lançado em português um livro essencial para os que se preocupam com as questões de segurança - e, na realidade atual, quem não está? O livro, com o mesmo título deste artigo, chega a uma conclusão muito clara: Onde as armas são proibidas, a taxa de homicídios é mais que o dobro do índice de onde armas são proibidas. É fácil imaginar o ódio desencadeado entre os hoplófobos, que tentam desacreditar o livro, publicado nos Estados Unidos em 1998, até agora sem nenhum sucesso; pelo contrário, consta que alguns políticos alteraram sua posição, passando a se opor ao controle de armas.

 
«InícioAnterior12345678910PróximoFim»

Página 6 de 25
Free premium joomla themes designed by Lonex.