Militar


Apoio ao Cel Ustra PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 22
PiorMelhor 
Militar

Assistimos envaidecidos nesta última sexta-feira a uma heróica e corajosa apresentação do Cel Carlos Alberto Brilhante USTRA diante da ensandecida Comissão Nacional da Verdade.

Há muito esta comissão persegue o objetivo único de pôr nas grades pelo menos um militar de alta patente do Exército Brasileiro expressando uma represália inoportuna e descabida às ações militares empreendidas no início da década contra a tentativa frustrada de implantação do inescrupuloso regime comunista no seio da população brasileira, essencialmente democrática e avessa a ditames ditatoriais.

O Grupo Em Direita Brasil presta homenagens e incondicional apoio ao Cel Ustra pela inarredável e firme posição manifestada mais uma vez na última sexta feira quando defendeu com veemência o mister de abnegados brasileiros que lutaram e se sacrificaram para que a Pátria continuasse livre, não obstante as insidiosas posições contrárias que perd uram até os tempos atuais.

Obrigado, Cel Ustra, continue com o seus - e que são nossos também - propósitos, alicerçados na pura democracia e no amor ao Brasil.

Gen Manoel Theophilo Gaspar de Oliveira

Presidente do Instituto Endireita Brasil

 
Carta enviada em 10 Mar 13 a um integrante da Comissão Nacional da Verdade PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Militar

Tendo tomado conhecimento, em 5 Mar 13, da pauta de trabalho de um grupo de estudos da Comissão Nacional da Verdade coordenado pela Sra. Dra. Rosa Maria Cardoso da Cunha, integrante daquela comissão, escrevi-lhe a carta que segue, datada de 10 Mar 13. Não tendo obtido qualquer resposta até esse momento, resolvi compartilhá-la com os amigos.

Forrer Garcia

Sra. Dra. Rosa Maria Cardoso da Cunha, receba minhas cordiais saudações.

Sei lá por quais desígnios de Deus, um documento relativo ao grupo de trabalho da Comissão da Verdade por V. Sa. coordenado, denominado "Contextualização do Golpe civil militar de 1964", veio ter à minha caixa de entrada no dia 05 de março de 2013.

Recebi-o sem pedir, penso que posso comentar, também sem que me peçam.

 
Prisioneiros da covardia PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
Militar

Waldo Luís Viana*

"Não temos a mídia, mas temos o amigo para substituí-la." General Torres Mello - Grupo Guararapes

Outro dia zapeava, despreocupado, a TV a cabo, aqui em Teresópolis, quando me deparei com o canal 21, universitário, se não me engano. Lá havia horário cedido ao Instituto Militar de Engenharia – IME. Logo parei, esperando assistir alguma coisa importante sobre as Forças Armadas ou sobre nossa política militar. Qual não foi minha surpresa, mas se apresentava um conjunto de pagode, com mulher no cavaquinho. Aliás muito afinada!

 
Militares põem em livro versão sobre repressão PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
Militar

Militares põem em livro versão sobre repressão

'Resposta' à Comissão da Verdade, publicação volta às livrarias com 2 mil exemplares

Por José Maria Mayrink - O Estado de S. Paulo - 16 Jan 2013

SÃO PAULO - Vendido em apenas quatro livrarias, mas lançado em clubes e círculos militares de 14 cidades, Orvil - Tentativas de Tomada do Poder, versão de oficiais do Centro de Informações do Exército (CIE) sobre a repressão, volta às prateleiras até o fim do mês com uma tiragem de mais dois mil exemplares. As três primeiras remessas, de mil exemplares cada uma, esgotaram-se em três meses. O livro é assinado pelo tenente-coronel reformado Lício Augusto Maciel e pelo tenente reformado José Conegundes Nascimento, que trabalharam sob a coordenação do general Agnaldo Del Nero Augusto, falecido em 2009. Outros oficiais que participaram do projeto não quiseram que seus nomes aparecessem.

 
Confiança nas instituições PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 7
PiorMelhor 
Militar

Fonte: Fundação Getúlio Vargas

Os brasileiros confiam muito mais nas Forças Armadas, cuja atuação nada tem a ver com seu cotidiano, do que na polícia ou no Judiciário, que têm importância bem maior no seu dia a dia. O último Índice de Confiança na Justiça, o ICJBrasil, elaborado pela FGV, mostra que as instituições judiciárias e de segurança padecem de significativa descrença por parte dos cidadãos, que delas esperam eficiência e celeridade. Como diz a própria FGV, esse quadro afeta diretamente o próprio desenvolvimento do País, pois, se a população não enxerga o Judiciário como instância legítima e confiável para a resolução de conflitos, entra em xeque o Estado de Direito.

 
«InícioAnterior12345678PróximoFim»

Página 4 de 8
Free premium joomla themes designed by Lonex.