Política
A hipócrita "Guerra do Paraguai" PDF Imprimir E-mail
Política

Por Maria Lucia Victor Barbosa Em 26 Jun 2012

O Rio+20, é sabido, redundou num monumental fiasco de dimensões globais. A montanha pariu uma carta de intenções rasa como um pires e, para piorar, a presidente Rousseff não ficou bem na foto, especialmente quando foi criticada na "Cúpula de Mulheres".

 
O que, afinal, quer Dilma? Reeditar a "Guerra do Paraguai"? PDF Imprimir E-mail
Política

Por Reinaldo Azevedo

O que, afinal, quer Dilma? Reeditar a "Guerra do Paraguai"? O Brasil tem de ser mais respeitoso com a soberania de um país vizinho!

Sabem o que há, de verdade!, na raiz da reação negativa dos países sul-americanos à deposição de Fernando Lugo? Má consciência! Também e muito especialmente no Brasil. Já chego lá. Antes, algumas considerações.

 
Julgamento político no Paraguai termina com impeachment de Fernando Lugo PDF Imprimir E-mail
Política

Por FRANCISCO VIANNA - 23 Jun 2012 (com base na mídia internacional)

O senado do Paraguai determinou ontem o impeachment do presidente do país por "mal desempenho de suas funções". Lugo disse que respeita a decisão. "Saio pela porta da frente", afirmou. Federico Franco, um ex-aliado, o substituiu no cargo em seguida. Onda de repúdio dos governos de esquerda da região pela destituição de um dos 'elementos do clube' da UNASUL.

 
Para eleger o novo, Lula junta no palanque do PT a ex-prefeita que expulsou no século passado e um velho conhecido da Interpol PDF Imprimir E-mail
Política

Por Augusto Nunes - Blog na Veja

"Luiz Inácio Lula da Silva tem como princípio não ter princípio, tanto moral, ético ou político", começa o brilhante artigo de Marco Antonio Villa reproduzido na seção Feira Livre. Homens assim se dispensam de compromissos com o que dizem, berram as estrondosas colisões entre a prática e o discurso da metamorfose malandra. Villa demonstra que tem sido assim desde 1975. Não poderia ser diferente na temporada eleitoral deste ano.

No Programa do Ratinho, por exemplo, Lula invocou o critério da certidão de nascimento para justificar a escolha do candidato do PT à prefeitura de São Paulo. "Por que o Fernando Haddad?", levantou a bola o apresentador. Decidido a acentuar a suposta vantagem dos 49 anos do ex-ministro da Educação sobre os 70 do adversário tucano José Serra, o palanqueiro oportunista aposentou cirurgicamente, sem anestesia, a companheira Marta Suplicy.

 
Atitudes indignas de um ex-presidente PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Política

Texto baseado em dados do Instituto Teotônio Vilela

Atitudes indignas de um ex-presidente

A reentrada de Luiz Inácio Lula da Silva na vida política nacional tem se mostrado lastimável. Desde que se recuperou do câncer na laringe, para o que contou com a solidariedade incondicional de todos os brasileiros, ele tem adotado atitudes indignas para um ex-presidente. Não difere em nada da postura indecente do partido dele, o PT.

O mais recente episódio envolvendo Lula em tenebrosas tratativas foi revelado pela revista Veja em sua edição desta semana. O ex-presidente sugeriu a Gilmar Mendes, um dos 11 ministros do STF, que postergasse o julgamento do mensalão para 2013, data considerada menos "inconveniente" por Lula.

 
A revolta das bengalas e das cadeiras de rodas PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

"A REVOLTA DAS BENGALAS E DAS CADEIRAS DE RODAS."

DE UM LADO IDOSOS QUE CONTRIBUÍRAM PARA TER UMA VELHICE DIGNA, MAS ESTÃO ESCRAVIZADOS E PASSANDO PRIVAÇÕES HÁ 12 ANOS PELOS GOVERNOS DO PT. (LULA E DILMA)

X

POLÍTICOS CORRUPTOS E MENTIROSOS QUE NA PLATAFORMA DE GOVERNO PROMETEM RESOLVER O PROBLEMA DA APOSENTADORIA.

CAMPO DE BATALHA: AS URNAS.

 
Lula pressiona ministro do STF para adiar julgamento do mensalão PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
Política

Lula pressiona ministro do STF para adiar julgamento do mensalão

É nitroglicerina pura a reportagem de Rodrigo Rangel e Otávio Cabral publicada na VEJA que começou a circular. Ela conta a história de um encontro entre Lula e Gilmar Mendes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), no escritório de advocacia do ex-ministro Nelson Jobim.

Foi em Brasília no dia 26 de abril último.

- É inconveniente julgar esse processo agora - disse Lula a Gilmar a propósito do processo do mensalão. São 36 réus - entre eles o ex-ministro José Dirceu, que segundo Lula contou a Gilmar, "está desesperado".

Em seguida, Lula comentou que tinha o controle político da CPI do Cachoeira. E ofereceu proteção a Gilmar. Garantiu que ele não teria motivo para preocupação.

- Fiquei perplexo com o comportamento e as insinuações despropositadas do presidente Lula - comentou Gilmar com a VEJA.

Lula foi adiante em sua conversa com Gilmar:

 
Delta doa para a presidenta Dilma R$ 1.150.000,00 PDF Imprimir E-mail
Política

Por Leandro Braga, em 04 Maio 2012

Como você reagiria se soubesse que aquele que mais combate a corrupção (?) recebesse R$ 1.150.000,00, isso mesmo, hum milhão e cento e cinquenta mil reais foi o que a presidenta Dilma recebeu da Construtora Delta.

Eu não sei o que vocês acham, porém, me parece um saco sem fundo essa investigação sobre a Delta Construtora, era (sic) muitas ligações que essa empresa tinha com politicos, e não era (sic) qualquer "politicos" , eram nada mais nada menos do que aqueles que estão no mandato, isso parece surreal, mas é pura verdade, assessor, vereador, deputado, senador, governador e agora até a presidenta recebeu doação da empresa investigada pela policia federal e pelo Ministério Público.

A desculpa deverá ser uma daquelas que acostumamos a assistir em finais de tele-novelas, a população brasileira mais uma vez será embriagada por algum tipo de entorpecente futebolístico ou carnavalesco, ou sei lá, talvez toda a midía será tomada pelas Olímpiadas em Londres, bom, temos que ficar de olhos bem abertos e não aceitarmos que o nosso sufrágio, a tanto tempo disputado por várias correntes governamentais e filosóficas, venha se tornar um ato perdido, jogado na lama, por aqueles que estão no poder.

Abaixo o link da ong As Claras – Transparência Brasil, indicando que nossa presidenta recebeu uma doação da Delta Construtora no valor de R$ 1.150.000,00 na eleição de 2010.

http://www.asclaras.org.br/doador.php?inicio=1&doador=53563

 

 
Jornalistas pagos por estatais para mentir PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

Por Demétrio Magnoli - O Estado de São Paulo

De "caçador de marajás" Fernando Collor transfigurou-se em caçador de jornalistas. Na CPI do Cachoeira seu alvo é Policarpo Jr., da revista Veja, a quem acusa de se associar ao contraventor "para obter informações e lhe prestar favores de toda ordem". Collor calunia, covardemente protegido pela cápsula da imunidade parlamentar. Os áudios das investigações policiais circulam entre políticos e jornalistas — e quase tudo se encontra na internet. Eles atestam que o jornalista não intercambiou favores com Cachoeira. A relação entre os dois era, exclusivamente, de jornalista e fonte —algo, aliás, registrado pelo delegado que conduziu as investigações.

 
Comissão da Verdade - Quem matou estes brasileiros PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 6
PiorMelhor 
Política

QUEM MATOU ESSES BRASILEIROS?

AS VÍTIMAS DAS ESQUERDAS ANTES DO AI-5 SERÃO TAMBÉM INVESTIGADAS PELA COMISSÃO DA "VERDADE"?

1 - 12/11/64 - Paulo Macena, Vigia - RJ

Explosão de bomba deixada por uma organização comunista nunca identificada, em protesto contra a aprovação da Lei Suplicy, que extinguiu a UNE e a UBES. No Cine Bruni, Flamengo, com seis feridos graves e 1 morto

 
O Movimento dos Sem-Bolsa PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Política

Por Reinaldo Azevedo

"Um grito de protesto da classe média é ilegítimo? É ela hoje o verdadeiro 'negro' do Brasil. Ninguém a protege: estado, ONG, igrejas, nada... Corajosa, sem líder, sozinha, sem tucano, vaiou no Rio, vaiou em São Paulo, quer vaiar no Brasil inteiro"

 
Lula está com ódio e abraçando o seu rancor PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 21
PiorMelhor 
Política

LULA ESTÁ COM ÓDIO E ABRAÇADO A SEU RANCOR! ELE É HOJE O ÚNICO RISCO QUE ENFRENTA O GOVERNO DILMA. OU: AINDA QUE A GRITARIA SUGIRA O CONTRÁRIO, OS TOTALITÁRIOS JÁ PERDERAM

Por Reinaldo Azevedo

Considero este texto um dos mais importantes já publicados neste blog. Se gostarem, ajudem a divulgá-lo.

*

Eu não gosto da expressão "passar a história a limpo". Tem apelo inequivocamente totalitário. Fica parecendo que vivemos produzindo rascunhos e que a história verdadeira nos aguarda em algum lugar. Para tanto, teríamos de nos submeter às vontades de um líder, de uma raça, de uma classe ou de partido para atingir, então, aquela verdade verdadeira. A gente sabe aonde isso já deu. Nos milhões de mortos dos vários fascismos e do comunismo. Assim, não existe história a ser "passada a limpo". Os países que alcançaram a democracia política, como alcançamos, têm é de lutar para tirar da vida pública os corruptos, os aproveitadores e os oportunistas. Isso é "passar a limpo"? Não! isso é melhorar quem somos. Não por acaso, antes que prossiga, noto que Luiz Inácio Lula da Silva é um dos herdeiros dessa visão totalitária supostamente saneadora — daí o seu mentiroso "nunca antes na história destepaiz", como se fosse o fundador do Brasil.

 
Considerações da mais pura e real História Política contemporânea. PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 
Política

Por Roberto Campos - Folha de S. Paulo e O Globo, 19 Abr 1998

"Le livre noir du communisme" (Edições Robert Laffont, Paris, 1997), escrito por seis historiadores europeus, com acesso a arquivos soviéticos recém-abertos, é uma espécie de enciclopédia da violência do comunismo. O chamado "socialismo real" foi uma tragédia de dimensões planetárias, superior em abrangência e intensidade ao seu êmulo totalitário do entreguerras - o nazifascismo.

 
O Ministério da Pesca e as Lanchas da Ideli PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

Vida Real

Por J. R. Guzzo - Revista Exame - 18 Abr 2012

O distinto publico ficou anos sem entender para que, afinal, servia o tal Ministério da Pesca. Um escândalo de alguns milhões de reais depois, finalmente temos a resposta Um dos mais curiosos mistérios da administração pública brasileira, que há nove anos vinha desafiando qualquer tentativa de explicação, foi finalmente esclarecido: para que serviria o Ministério da Pesca?

Desde que foi fundado, em janeiro de 2003, logo no primeiro dia de governo do ex-presidente Lula, o ministério (cujo nome completo, acredite-se ou não, é Pesca e Aquicultura) não foi capaz de acrescentar um único bagre, nem um modesto lambari que seja, à produção nacional de peixes.

Nenhuma das funções que se possa imaginar para ele já não é exercida por um monte das milhares de repartições públicas que estão há décadas por aí, neste nosso Brasil tão grande do Ibama à Receita Federal, das capitanias de portos às secretarias de finanças dos estados, dos distritos navais da Marinha às prefeituras do litoral, ou seja lá ao diabo que for.

Pesca-se no Brasil há 500 anos, e nunca passou pela cabeça de ninguém que um ministro pudesse baixar alguma portaria capaz de fazer um cardume de sardinhas, por exemplo, aparecer onde as sardinhas, pelas suas razões pessoais, não querem dar as caras.

Lula, a certa altura, chegou a dizer que o ministério teria a missão de fazer a "reforma aquária" pois a reforma agrária, em mais uma das grandes realizações de seu governo, já estava no papo.

Foi engraçado, mas não explicou nada. E óbvio, também, que o Ministério da Pesca jamais iria ensinar alguém a pescar ou a pescar melhor o ministro recém-presenteado com o emprego, aliás, teve um acesso de sinceridade no momento de sua nomeação e disse que, em matéria de pesca, não saberia nem enfiar uma minhoca num anzol.

Felizmente, de um momento para outro, o enigma foi resolvido: o Ministério da Pesca serve para empresários amigos do PT venderem lanchas ao Ministério da Pesca. Ah, bom: agora deu, até que enfim, para entender. As explicações foram fornecidas, dias atrás, por uma reportagem de O Estado de S. Paulo. Um empresário que em 2010 havia doado 150 000 reais à campanha da atual ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, ao governo de Santa Catarina conseguiu vender 28 lanchas-patrulha para o Ministério da Pesca, por algo acima de 30 milhões de reais. Há pouca coisa que se salve nessa história. A experiência da tal empresa no ramo da indústria naval se resumia, até o fechamento do negócio, à construção do grande total de uma (1) lancha.

O ministério não podia ter comprado lanchas-patrulha: não está autorizado legalmente a fazer patrulhas (é mais uma das coisas que não faz) e, se não pode fazer patrulhas, não precisa de lancha para patrulhar coisa nenhuma. Das 28 lanchas que socaram em cima do Erário, 23 estão até hoje encostadas sem utilização. Ideli ficou em terceiro lugar na eleição, mas ganhou do governo Dilma Rousseff, como compensação, um ministério justamente, por uma dessas grandes coincidências da vida, o Ministério da Pesca. Ali, por sinal, mandou pagar a última parte da fatura ainda devida ao homem das lanchas e contribuinte de sua campanha; coisinha de 5 milhões, nada muito mais que isso. Naturalmente, o governo e o PT juram que nenhuma dessas coisas tem nada a ver com a outra. A ministra Ideli não tem nada a ver com o caso. Nada tem a ver com nada. Na verdade, não aconteceu nada.

Fim da peça.

O Ministério da Pesca, como se vê agora, só servia para isto: aumentar o mundo de vigarice que se formou, no Brasil, em torno da idéia do "Estado forte", que tanto encanta o PT, os empreiteiros de obras e qualquer sujeito que tenha alguma coisa a vender para o governo. Não falem, perto da presidente Dilma, em diminuir o tamanho dessa gosma; isso poderia ser entendido como uma defesa do "Estado mínimo", e ela tem horror ao "Estado mínimo". Fechar um ministério, então, é considerado praticamente um ato criminal. Nem que seja, caso venha a ser criado um dia, o Ministério das Perguntas Cretinas, legado imortal do Millôr Fernandes, que acaba de nos deixar.

 

 
Suspeitos em escândalos não apoiam criação de CPI PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

Por GABRIELA GUEREIRO - Folha.com

A lista dos deputados e senadores que não assinaram o pedido de criação da CPI do caso Cachoeira traz deputados que são réus no processo do mensalão e parlamentares envolvidos em escândalos.

Os presidentes da Câmara e do Senado, Marco Maia (PT-RS) e José Sarney (PMDB-AP), também não assinaram o requerimento lido ontem no plenário do Congresso, criando oficialmente a Comissão Parlamentar de Inquérito.

 
Assessor avisa: Cachoeira vai abrir as comportas PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 5
PiorMelhor 
Política

Assessor avisa: Cachoeira vai abrir as comportas

Publicado em:

http://www.clicksergipe.com.br/1n_blog.asp?postagem=57604 - 13 Abr 2012

Mino Pedrosa é um dos jornalistas mais polêmicos de Brasília. Há quem ainda o considere repórter investigativo, outros o tratam como lobista e há ainda aquelas que usam qualificações impublicáveis. Em seu currículo, consta um dos maiores furos de reportagem da história da imprensa brasileira. Foi ele quem, em 1992, revelou a história do motorista Eriberto França, que selou o impeachment do ex-presidente Fernando Collor. É da sua lavra também a revelação de um escândalo de grampos clandestinos, que abateu Antônio Carlos Magalhães. Em 2004, Mino estava afastado das redações. Era assessor do bicheiro Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Foi ele quem fez circular entre algumas redações a fita em que Waldomiro Diniz, ex-assessor da Casa Civil, pede propina ao bicheiro, no primeiro escândalo do governo Lula. Mino e Cachoeira são amigos. Mais: são íntimos. E foi nesta condição que o jornalista escreveu um texto no seu blog Quidnovi, que manda recados diversos. Aponta para uma suposta relação entre o bicheiro e o deputado Miro Teixeira (PDT/RJ), ex-ministro das Comunicações do governo Lula, e avisa que o contraventor está uma pilha de nervos. Pronto para abrir as comportas do seu mar de lama. Até arrecadadores da campanha presidencial de Dilma Rousseff teriam se banhado em sua cachoeira. Leia o recado de Cachoeira, transmitido por Mino Pedrosa:

 
Editorial do Washinton Times PDF Imprimir E-mail
Política

"A Sra. Rousseff é um exemplo da DURA ESQUERDA ANTI-AMERICANA que está se unindo aos PAÍSES EMERGENTES para testar o poderio dos EUA. Uma das principais metas da MISSÃO dela em WASHINGTON é obter a APROVAÇÃO do presidente BARAK OBAMA no que se refere à AMBIÇÃO BRASILEIRA em participar do CONSELHO DE SEGURANÇA DA ONU. O apoio americano para tal seria AUTO-DESTRUTIVO, pois o Brasil votaria CONTRA OS INTERESSES AMERICANOS NO MUNDO. A Sra. Rousseff, sendo EX-GUERRILHEIRA COMUNISTA; APÓIA FORTEMENTE governos ditatoriais e ANTI-AMERICANOS, como CUBA dos irmãos Castro e a VENEZUELA de Hugo Chavez. Ela também apoia os esforços do governo IRANIANO para a aquisição de ARMAS NUCLEARES, ao mesmo tempo que lidera um grupo de países que PRESSIONAM OS EUA no sentido do DESARMAMENTO NUCLEAR. Se o planeta está dividido entre aqueles que estão AO NOSSO FAVOR e aqueles que estão CONTRA NÓS, a Sra. Rousseff ESTÁ DO LADO ERRADO!!!".

Ms. Rousseff is an exemplar of the anti-American hard left that is uniting in the developing world to check U.S. power. One of the main goals of her mission to Washington is to get Mr. Obama's seal of approval for Brasilia's ambition to acquire a permanent seat on the United Nations Security Council. U.S. support for this scheme would be self-destructive as Brazil would provide a reliable vote against American interests in the world body. Ms. Rousseff, a former communist guerrilla herself, is a strong supporter of anti-U.S. dictatorships such as the Castros in Cuba and Hugo Chavez inVenezuela. She has backed the Iranian mullahs' efforts to acquire nuclear capability while leading a club of nations pressing for U.S. nuclear disarmament. If the planet is divvied up between those who are for us and those who are against us, Ms. Rousseff is on the wrong side.

http://www.washingtontimes.com/news/2012/apr/9/obamas-brazilian-model/

 

 
Sugestões para a Comissão da Verdade PDF Imprimir E-mail
Política

Esqueletos nos armários do PT e da sua base de apoio! Ótimas sugestões para as investigações da Comissão da Verdade!

01. Caso Pinheiro Landim

02. Caso Celso Daniel

03. Caso Toninho do PT

04. Escândalo dos Grampos Contra Políticos da Bahia

05. Escândalo do Propinoduto (também conhecido como Caso Rodrigo Silveirinha )

06. CPI do Banestado

 
Operação Mordaça - Capitulo 1 PDF Imprimir E-mail
Política

Por Mino Pedrosa - 

Ainda estava escuro, quando às 6 horas da manhã, do dia 29 de fevereiro de 2012, a mansão de luxo, na Rua Cedroarana, Quadra G-3, Lote 11, no Residencial Alphaville Ipês, em Goiânia, de propriedade do governador de Goiás Marconi Pirillo até 2010, foi invadida pela "swat" da Polícia Federal. Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira, foi preso numa ação cinematográfica. O arrombamento da porta da sala e a chegada dos agentes federais ao quarto de Carlos Cachoeira coroava a Operação Monte Carlo.

 
A ditadura civil-militar PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
Política

Por Daniel Aarão Reis* - O Globo - 31 Mar 2012

Tornou-se um lugar comum chamar o regime político existente entre 1964 e 1979 de "ditadura militar". Trata-se de um exercício de memória, que se mantém graças a diferentes interesses, a hábitos adquiridos e à preguiça intelectual. O problema é que esta memória não contribui para a compreensão da história recente do país e da ditadura em particular.

É inútil esconder a participação de amplos segmentos da população no golpe que instaurou a ditadura, em 1964. É como tapar o sol com a peneira.

 
Renan Calheiros X Thereza Collor PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 53
PiorMelhor 
Política

Por Thereza Collor

Publicado por Mendonça Neto, Jornal Extra - Rio de Janeiro .

Carta aberta ao Senador Renan Calheiros

"Vida de gado. Povo marcado. Povo feliz". As vacas de Renan dão cria 24 h por dia. Haja capim e gente besta em Murici e em Alagoas! Uma qualidade eu admiro em você: o conhecimento da alma humana. Você sabe manipular as pessoas, as ambições, os pecados e as fraquezas.

 
Juventude Facista PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Política

Por Geraldo Almendra - Jornal O Globo 27 Mar 2012

Aqueles que lutaram contra o comunismo genocida estão agora sendo frontalmente constrangidos com atos de explícitos e criminosos assédios com pichações imorais nos locais onde moram, pichações tipo "aqui mora um torturador".

Isso é um descarado crime e seu autor ou autores já deveriam ter sido chamados para depor e sofrer as penalidades previstas pela ordenação jurídica vigente.

 
Reinaldo Azevedo e o Instituto Lula PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 14
PiorMelhor 
Política

Por Reinaldo Azevedo

Tenho algumas perguntas a fazer a Lula, a Kassab e aos vereadores que querem doar patrimônio público para o falso "Memorial da Democracia" do PT. Se houver resposta, juro que publico!

 
Quando Lula e Jaques Wagner promoviam a baderna na Bahia. Ou: Práticas criminosas PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 3
PiorMelhor 
Política

Por Reinaldo Azevedo

Em julho de 2001, houve uma greve da Polícia Militar na Bahia, então governada pelo PFL. Eu dirigia o site e a revista Primeira Leitura. Critiquei severamente o movimento dos policiais nos termos de sempre nesses casos: "Gente armada não pode parar; quando um policial deixa de trabalhar, o bandido agradece, e o homem comum sofre". Eu pensava isso sobre a greve da PM baiana em 2001 e penso o mesmo sobre a greve de 2012. Mas e Lula? E Jaques Wagner?

 
Corrupção e incompetência PDF Imprimir E-mail
Política

Editorial - O Estado de S.Paulo - 01 Fev 2012

O tempo está sendo implacável com a imagem que arduamente a presidente Dilma Rousseff tenta construir para si - como fez durante a campanha eleitoral de 2010, com a inestimável colaboração de seu patrono político, o ex-presidente Lula -, de administradora capaz, tecnicamente competente e defensora da lisura e da moralidade dos atos públicos. É cada vez mais claro que tudo não passa da construção de uma personagem de feitio exclusivamente eleitoral.

 
Segurança Pública no Brasil vai diminuir por mágica? PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 2
PiorMelhor 
Política

No palanque ou na propaganda na Televisão ou no Rádio, promessas e mais promessas para o futuro, sempre para o futuro. De verdade mesmo, de realizações concretas, de fatos confirmados e atos concluidos NADA!

50% da verba para a Segurança Pública no Brasil foi cortada pelo gov. Dilma! METADE! Como querem que a violência diminua? POR MÁGICA?

 
O julgamento do século PDF Imprimir E-mail
Política

O julgamento do século

Por Claudio Dantas Sequeira - Isto é 02 Jan 2012

Um julgamento político poderia ser a gota d'água de uma incrível reação do povo. No fundo do poço como está a nação, o risco de efeito reverso é alto.

Sete anos depois da denúncia, o mensalão deve ser finalmente julgado este ano pelo STF. O resultado pode representar um marco na luta contra a impunidade no País e mudar o sistema de financiamento das campanhas políticas.

O PESO DA TOGA

 
Pimentel, no balanço! PDF Imprimir E-mail
Política

Pela editoria do site www.averdadesufocada.com

Companheiros de luta armada e de campanha política

Agora as denúncias balançam o ministro Fernando Pimentel.

Dilma não pode , nem que seja em pensamento, alegar que é uma "herança maldita ". Fernando Pimentel foi trazido para os meandros do Planalto por ela, ainda quando era candidata. Veio de Belo Horizonte, onde foi prefeito, para ser o braço direito de Dilma em sua campanha para Presidente.

 
Lula para sempre PDF Imprimir E-mail
Política

Por Marco Antonio Villa - O Globo – 25 Out 2011

Luiz Inácio Lula da Silva não é um homem de palavra. Proclamou diversas vezes que, ao terminar o seu mandato presidencial, iria se recolher à vida privada e se afastar da política. Mentiu. Foi mais uma manobra astuta, entre tantas que realizou, desde 1972, quando chegou à diretoria do sindicato de São Bernardo, indicado pelo irmão, para ser uma espécie de porta-voz do Partidão (depois de eleito, esqueceu do acordo).

 
Nova investida totalitária PDF Imprimir E-mail
Política

Por José Carlos Sepúlveda da Fonseca - 19 Out 2011

Não é difícil compreender que para poder avançar mais facilmente, convém ao projeto autoritário petista restringir – ou até eliminar – o debate público e

 
«InícioAnterior123456PróximoFim»

Página 5 de 6
Free premium joomla themes designed by Lonex.