A Rússia e os muçulmanos PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 8
PiorMelhor 
Política

Na esteira da Austrália...

Até agora só a Noruega, Japão e Austrália tiveram coragem para pôr os Muçulmanos no lugar que lhes compete.A Rússia junta-se agora a estes países que definem as regras para as minorias ( que num futuro não muito longínquo podem ser maiorias nos países que os acolheram) que pretendem impor as suas regras.

VERSÃO EM PORTUGUÊS:

No dia 4 de Fevereiro de 2013, Vladimir Putin, o Presidente Russo, falando à DUMA (Parlamento Russo) fez o seguinte discurso sobre as situações de tensão que se dão com as minorias na Russia:

"Na Rússia vivem Russos. Qualquer minoria, seja ela donde for, que queira viver, trabalhar e comer na Rússia, deverá falar Russo e deverá respeitar as leis Russas.

Se preferirem a Lei Sharia, então avisamo-los para irem para os países onde essa seja a lei estatal.

A Rússia não tem necessidade de minorias. As minorias é que necessitam da Rússia, e nós não lhes concederemos privilégios especiais, nem tencionamos mudar as nossas leis para ir ao encontro dos seus desejos, não importando quão alto gritarem "discriminação". Será melhor que aprendamos com os suicídios da América, Inglaterra, Holanda e França, se quisermos sobreviver como nação. Os costumes e tradições Russas não são compatíveis com a falta de cultura ou os modos primitivos da maior parte das minorias.

Quando este honorável corpo legislativo pensar em criar novas leis, deverá ter em mente em primeiro lugar os interesses nacionais, atentando que as minorias não são Russas.

Os políticos na DUMA prestaram a Putin uma estrondosa ovação, de pé, durante 5 minutos.

Nós não enviamos este email só para vocês, por favor passem adiante.

VERSÃO EM INGLÊS:

On February 4th, 2013, Vladimir Putin, the Russian president, addressed the Duma, (Russian Parliament), and gave a speech about the tensions with minorities in Russia:

"In Russia live Russians. Any minority, from anywhere, if it wants to live in Russia, to work and eat in Russia, should speak Russian, and should respect the Russian laws. If they prefer Sharia Law, then we advise them to go to those places where that's the state law. Russia does not need minorities. Minorities need Russia, and we will not grant them special privileges, nor try to change our laws to fit their desires, no matter how loud they yell 'discrimination'. We better learn from the suicides of America, England, Holland and France, if we are to survive as a nation. The Russian customs and traditions are not compatible with the lack of culture or the primitive ways of most minorities. When this honourable legislative body thinks of creating new laws, it should have in mind the national interest first, observing that the minorities are not Russians.

The politicians in the Duma gave Putin a standing ovation for five minutes.

Please don't keep this to yourself, I didn't by sending it to you.

 

 

Registre-se para poder enviar comentários

Free premium joomla themes designed by Lonex.